20
Ago
2015
20 Gostos

Nude, coral e as 1001 dúvidas!

O grande propósito deste projeto era transformar uma sala completamente ultrapassada e pouco funcional num novo refúgio, onde a cliente se pudesse esconder depois de um dia de batalhas travadas. Este era o grande desejo da cliente, entrar na sua sala e sentir-se como se todos os dias estreasse um vestido novo. Onde poderia receber os seus amigos  ou simplesmente desligar de tudo, acompanhada pelas suas filhas ou apenas por um bom livro. Este é o momento pelo qual espera todo o dia.

Quando as ideias do cliente são bastante diferentes do que temos para propor, optamos sempre por fazer duas versões, a do cliente e a nossa. A primeira é sempre mais óbvia, com todos os critérios que vemos em todas as casas, com o ideal de espaço que estamos habituados, a segunda versão vai sempre no sentido de rentabilizar o espaço e tirar o maior partido dele, geralmente com opções que fogem um pouco ao consensual. Muitas vezes dizer a um cliente que na sua sala o que fica melhor não é um aparador e um móvel tv, mas antes uma solução integrada e à medida, é quase a mesma coisa que lhe apagar todas as ideias formadas que tem na sua cabeça e colocar um novo disco rígido, a correr informação nunca antes pensada. Informação esta que demora a ser assimilada e apreciada. Entregar o projeto da nossa casa a um profissional é quase a mesma coisa que deixar a nossa saúde nas mãos de um médico, teremos sempre muitas dúvidas e tentaremos sempre dar-lhe a volta se forma a não nos custar tanto o tratamento.

Na Interdesign faremos tudo pela saúde da sua casa e pode ter a certeza que faremos mais ainda para que se identifique com as nossas propostas, tentaremos sempre ir ao seu encontro, mesmo que às vezes o resultado não seja fácil de prever. Garantimos contudo, que no final nos vai agradecer por sermos teimosos e batalharmos para que veja um pouco mais à frente.

A Marianela disse-nos muito pouco do que pretendia, apenas que não gostava do estilo contemporâneo na sua versão mais depurada e que também não se identificava com cores fortes. Confiou-nos assim o seu cantinho. Pelo seu discurso e hesitações percebemos que este era um caso para se resolver com a apresentação de duas versões, a sua dificuldade para imaginar o espaço transmitiu-nos imediatamente essa necessidade.

Vamos mostrar-vos como é fácil transformar um projeto Interdesign no SEU projeto Interdesign. Comecemos então por ver o antes.

antes

montagem-blog

a

A versão A é uma proposta mais convencional, sem grandes alterações estruturais, logo mais consensual. Com aparador e espelho, a lareira foi apenas revestida e a porta da cozinha manteve-se.

1

Tal como grande parte das casas portuguesas construídas nesta altura, a sala possui dimensões generosas, as paredes são pautadas por saliências e a lareira define qual o espaço da sala de estar. Característica que a cliente não estava disposta a abrir mão.

2

4

Tanto numa solução como na outra, a organização do espaço é semelhante, o seu aproveitamento é que é bastante diferente. Nota-se uma assimetria na parede principal, onde todos os olhares estarão concentrados que favorece a sala de jantar, tornando a parte da sala de estar muito reduzida e confusa.

5

O espaço correspondente à sala de estar acaba por resultar muito pequeno e apertado, uma vez que nesta solução optamos por respeitar a porta que faz a ligação com a cozinha. Obrigando assim a trazer o sofá mais para a frente para permitir a passagem por trás.

6

7

b

A versão B permite ao cliente ver o quão proveitoso é a alteração que propomos. Ao comparar uma proposta e outra facilmente retira as suas próprias conclusões e demonstra quase que automaticamente a sua preferência.

1

Nesta solução, conseguimos já perceber que o espaço está mais amplo e menos recortado, o espaço reservado à sala de jantar e sala de estar são semelhantes o que torna a composição mais equilibrada.

2

3

O aparador deu lugar a um móvel feito à medida com mais arrumação que a primeira solução e propusemos umas prateleiras em vez de espelho.

5

No mesmo alinhamento propusemos tapar todos os recortes e espaços sem função, para podermos centrar a lareira e a televisão em relação ao sofá. Abrindo um pouco mais o espaço.

6

A porta entre a cozinha e a sala exigia espaço de passagem, o que retirava valor ao espaço de estar, empurrando-o contra a zona da lareira. O ideal seria anular a porta, permitindo que o sofá fique encostado à parede.

9

Qual a sua opinião? Acha que a cliente optou pela versão A ou pela versão B?

E você qual escolheria?

No domingo, mostramos o resultado final deste projeto. Até lá!

In love, with love.

Assinatura-final-Interdesign

 

20 Gostos

You may also like

Com os pés na água!!!
Interdesign Crushes #01
New store in town! Vila Real
Get the Look . Projeto Interdesign

10 Comentários

Deixe o seu Comentário